Colaboladores|Links|Sobre|home


Revista Pandora Brasil - ISSN 2175-3318
Revista de humanidades e de criatividade filosófica e literária



Índice   Sobre o livro    Próximo poema »






BEM-VINDA AO INVERNO

(Jorge Luis Gutiérrez)


E por fim chegou o solstício...
Volição e nitidez.

E eu te enviava
com a brisa um sussurro:
“bem-vinda ao inverno”.
E o solstício foi fraterno,
e deixou em minhas artérias
episódios de você:
sua perspicaz música
de travessuras vinícolas,
suas ardorosas odisséias
de oliveiras acesas.

E no solstício,
você dançava bela
minha poesia austral.

E eu festejava bebendo
na taça natural
de sua anatomia.
E na cristalina nudez
que você me oferecia,
achei a caligrafia
perfeita para dizer:
“bem-vinda ao inverno”.


____________________________________

Poema publicado no livro de Jorge Luis Gutiérrez
"Inundada de luz, poemas de amor e filosofia episódica"
São Paulo, Editora Baraúna, 2010.





Colaboladores|Links|Sobre|home